IX ASSEMBLÉIA VICE PROVINCIAL DO BRASIL


Abertura do Capitulo e Participantes


No dia 10 de outubro de 2012 teve início a IX Assembleia Viceprovincial em Brasil.



A Irmã Assunción Riopedre presidiu a Assembléia e deu início com a leitura da mensagem que a Superiora Geral Ir. Anabela C. Moreira enviou para esta ocasião. Nela dava as boas vindas as Irmãs, Colaboradores e Enfermos, estimulava a todos a caminharem Impulsionados pelo Espírito a Recriar a Hospitalidade, dando vida e orientados pelos Cinco Caminhos segundo o Documento do XIX Capitulo Geral.

      Em seguida a Ir.Marilene Aparecida Saveli, Superiora Viceprovincial dirigiu a todas as Irmãs presentes uma mensagem de Bem-Vindas da qual podemos extrair estas palavras:

      Queridas Irmãs, Sejam Bem-Vindas a esta IX Assembleia Viceprovincial.

      É com alegria que vos acolhemos para juntas realizarmos os Planos de Deus.

      Agradeço a presença da Ir. Assuncion Riopedre 1ªConselheira Geral, Ir. Ana Lucia Castro 3ª Conselheira Geral e Ir. Ernestina Aros Delegada para a Comissão da Criação da única província em América Latina e de cada Irmã que compõe esta Assembleia .

      Quero servir-me do Evangelho de hoje para fazer esta saudação, e apropriar-me do pedido que os discípulos fazem a Jesus, para que este momento seja além de uma simples saudação, uma saudação fecunda como de Maria e Isabel.

      "Senhor, ensina-nos a rezar." (Lc11,4).

      A oração do Pai Nosso, é a síntese de toda a revelação cristã. Contido nos evangelhos de Mateus e Lucas, ele representa uma das mais antigas formas cristãs de comunicação com Deus, quando Jesus ensina seus discípulos e, por extensão, toda a Igreja, a chamar seu Pai de "Nosso Pai".
"Senhor, ensina-nos a rezar" (Lc 11,1).

      Este é o pedido que faço ao Senhor esta manhã ao iniciarmos esta Assembleia. A rezar uma oração de agradecimento ao Senhor que fez caminho no caminhar da Viceprovincia. Presente em cada Irmã, nos seus gestos, atitudes e dedicação de cada uma. Na vida vivida em fidelidade criativa, fieis a sua vocação, configuradas com o Cristo Compassivo e Misericordioso, sendo expressão do amor e ternura de Deus, para que o Reino de Deus seja anunciado como Boa Noticia de Sanação para aqueles que sofrem.

      Nos eixos pão-e-perdão flui a essência do nosso agir hospitaleiro. Só podemos dizer "Pai Nosso" se temos a generosidade de fazer circular o "pão nosso" e não só o meu. Só tem o direito de chamar a Deus de Pai quem tem a coragem de chamar o próximo de irmão, partilhando fraternalmente, com ele. A oração gira entre dois eixos: a espiritualidade e a solidariedade, onde nenhum desses valores pode estar divorciado do outro. Quem crê partilha; quem reparte os bens, o faz pela inspiração do Espírito. É impossível dissociar o desejo espiritual com a ação material. Isso podemos constatar nas Irmãs e colaboradores que são esse continuo alimento de esperança, confiança, presença silenciosa e doada, estimulo e partilha, numa oração encarnada no cotidiano, revitalizando e gerando esperança, num grande hino de louvor ao Pai.

      "Senhor, ensina-me a rezar".

      Ao Iniciara esta Assembleia, Quero saber rezar, com um coração acolhedor, hospitaleiro e dizer a cada uma: Irmã, que bom que você veio, está aqui para juntas nos enriquecermos e nos deixarmos impulsionar pelo Espírito e Recriar a Hospitalidade. Quero dizer também a cada Colaborador que no dia a dia faz possível a realização do Sonho de Deus que é: acolher, zelar e oferecer o melhor em favor dos enfermos. E aos enfermos vai a minha saudação e digo a eles: sejam Bem-Vindos pois vocês são a razão do nosso avaliar, programar e executar. A todos vai a minha gratidão e que em tudo o "Senhor nos ensine a rezar."
A Assembleia contou com a participação de 17 Irmãs.

     

Síntese da semana de duração da Assembleia



      No dia 09/10 tivemos um dia de parada, reflexão sobre alguns pontos do Documento do XX Capitulo Geral orientado pelo Pe. Roberto e sua equipe. As 15:00h participamos da Eucaristia presidida pelo Bispo da Diocese de Campo Limpo Dom Luiz António Guedes.

      Dia 10/10 foi realizada a abertura da Assembleia e a leitura das memórias históricas, onde foi possível destacar algumas falas da sua apresentação: "Quantas graças devemos dar ao Senhor, por ter nos chamado ao seu santo serviço e ter feito compreender de que o importante é servir e amar ao Senhor."(Ct 475-20).

      Iniciamos a apresentação desta Memória com estas palavras de São Bento Menni que nos animou a percorrermos o sexênio 2006-2012 com os olhos fixos em Jesus, para podermos dar respostas eficazes e pontuais, não obstante a nossa pequenez. Certas de que é Ele que caminha conosco animando, explicando, lendo e relendo a história e repartindo conosco as graças da sua abundante misericórdia, para que a nossa frágil resposta possa produzir sinais de vida e de sanação da hospitalidade, herança que nos coube por generosidade dos nossos Fundadores.

      Motivados pelo Documento do XIX Capitulo Geral que nos abriu possibilidades de crescimento e nos apontou os caminhos para respondermos em fidelidade criativa o Dom carismático vivido pelos nossos Fundadores e derramado nos nossos corações para continuarmos a ação salvadora de Jesus em favor dos enfermos mentais. O Texto dos Atos dos Apóstolos no relato de Pedro na casa de Cornélio, como tela de fundo nos lembra que a comunidade é o lugar do discernimento para a missão, pois temos uma missão para partilhar e um Reino para construir. Motivou-nos a acolher, a amar e a servir a vida. Nós, irmãs e colaboradores nos sentimos todos partícipes desta missão comum.

      Iniciamos o sexênio acreditando que poderíamos nos tornar parte na orquestra da qual Jesus é o maestro, e cada um de nós que compomos a comunidade hospitaleira, fomos agraciados com um instrumento no qual queríamos tocá-lo com as capacidades e qualidades que temos, para fazer soar as melodias que juntos entoaríamos em tom maior, pois sentíamos o desafio que tínhamos, na missão que nos foi confiada a realizar, e a certeza de que juntos nos fortaleceríamos para sermos a Boa Noticia da Sanação de Jesus.

      O que pautou nossa entrega foi à esperança na graça do Senhor que nunca nos desampara. Podemos dizer que de fato o "Senhor esteve muito generoso para conosco", pois na simplicidade do nosso ser, na pobreza dos nossos conhecimentos e na confiança depositada nas irmãs e colaboradores que tão dedicados, responsáveis e zelosos, deram o melhor de si para a Vida e Missão da Congregação. A estes queremos expressar com gratidão o nosso muito obrigado. Contudo, estamos frente um grande desafio que é o de continuarmos com o mesmo zelo para darmos respostas ousadas, criativas e pontuais aos Cinco Caminhos que o Espirito nos chama a Impulsionar e Recriando a Hospitalidade, rumo à Criação da Única Província na América Latina.

      Em seguida se fez a apresentação da Memória Económica.

      As irmãs foram divididas em grupos para realizar a avaliação de ambas as memórias.

      O dia 11/11 demos início a formulação do Documento Viceprovíncial e além das irmãs podemos contar com a presença de 15 colaboradores para juntos traçarmos as ações para as Linhas de Ação dos Caminhos 04 e 05 do Documento do XX Capitulo Geral. Foi um momento vivido com a intensa participação de todos gerando muita riqueza.

      O Dia 12/10, dia de Nossa Senhora Aparecida iniciamos o dia com a Celebração Eucarística na comunidade paroquial e em seguida demos andamento ao trabalho de do Documento Viceprovincial buscando as ações para os caminhos 01,02,03 do Documento do XX Capitulo Geral.

      Dia 13/10 continuamos as atividades de conclusão do Documento e a tarde foi feita a nomeação do Conselho Viceprovincial.

O Novo Conselho Viceprovincial ficou assim constituído:

Ir. Marilene aparecida Saveli - Superiora Viceprovincial.

Ir. Maria Odete Afonso Correia - 1ª Conselheira.

Ir. Maria Eugênia de Castro Correia - 2ª Conselheira.

Galeria de Fotos



Notícias!


CENTRO INTEGRADO DE ASSISTÊNCIA E SAÚDE NOSSA SENHORA DO CAMINHO.

01/03/2017 - Comunicado

Nossa Senhora do Caminho

Informamos a todos nossos usuários que em de Março de 2017 os serviços de saúde que oferecíamos no Centro Integrado Nossa Senhora do Caminho foram encerrados.

Em caso de Solicitações de Prontuário, por favor, comunicar-se com o Centro Integrado Nossa Senhora de Fátima Tel.: (11) ...Ler Mais


Ver todas »